Carrinho
Meu carrinho:
0 item/ns

Home  ➭  Editora  ➭  Artigos


A Páscoa

[ Voltar ]

Feliz Páscoa!
No passado, o sangue do cordeiro foi colocado sobre às portas da casa, hoje, o sangue do cordeiro de Deus – Jesus – Precisa estar sobre os umbrais do coração de todos aqueles que O recebem pela fé para os livrar da morte eterna.

Porque a nossa Festa da Páscoa está pronta, agora que Cristo, o nosso Cordeiro da Páscoa, já foi oferecido em sacrifício. Então vamos comemorar a nossa Páscoa, não com o pão que leva fermento, o fermento velho do pecado e da imoralidade, mas com o pão sem fermento, o pão da pureza e da verdade.” I Co 5: 7-8

Entendendo a simbologia desta festa cristã
A Páscoa é uma festa comemorada em família e muito rica em significado. Queremos aproveitar esta oportunidade para lembra-los do valor simbólico desta celebração.

Quando Deus estabeleceu algumas Festas para o povo de Israel, elas tinham também um valor educativo. Não podemos perder estas oportunidades de aprendizado para os nossos filhos, para ao invés de plantarmos sementes de verdade e esperança, nos descuidarmos e deixarmos passar uma data tão importante para a humanidade sem que lhes comuniquemos o seu devido valor.

Todos nós gostamos muito de chocolate, mas reduzir a Páscoa a coelhos e ovos de chocolate é uma verdadeira insensatez que é alimentada por uma mentalidade pagã e capitalista de uma visão de vida medíocre, pois reduz a vida somente aquilo que é temporal e desprovido de significado.

O seu significado
A Festa da Páscoa, alegre e solene ao mesmo tempo, era celebrada por todos, cada um na sua casa, como lembrança do dia da libertação do cativeiro egípcio. Foi instituída por Deus e deveria ser comemorada todos os anos. Naquela tarde deveria ser sacrificado um cordeiro e assa-lo por inteiro. Deveria ser comido com pães asmos e alfaces bravas(ervas amargas). O sangue derramado representava a expiação, as ervas amargas a amargura do cativeiro e os pães sem fermento eram emblema de pureza.

Isto era muito didático para ensinar as crianças acerca do cuidado redentor de Deus. O pai era responsável para relembrar e contar para a família a história da redenção.

Muito tempo depois, o próprio Jesus estava reunido para comemorar a Páscoa, quando então ele reveste a páscoa de um novo significado, pois ele se oferece como o próprio cordeiro que seria morto por toda a humanidade. Naquele dia, Jesus estabelece novos símbolos para esta comemoração, o pão como símbolo do seu corpo e o vinho como símbolo do seu sangue derramado em nosso lugar. Assim, enquanto as família judaicas naquela tarde estavam sacrificando o seu cordeiro, Jesus estava sendo sacrificado na cruz. Ele é a nossa páscoa.

Desejar “Boa Páscoa”, no sentido do puro cristianismo, significa desejar que alguém seja alcançado e regatado pela graça e o amor de Deus e nasça de novo em espírito para viver em Cristo uma vida significativa e virtuosa aqui e agora e como conseqüência desta decisão, receber a vida eterna com Deus.

Confira mais sobre a Páscoa: Êxodo 12 e 13, Levítico 2:11 e Mt 26: 17-29

[ Voltar ]



Entendendo a simbologia desta festa cristã - por Rubens Cartaxo


Editora Imago Dei
Rua Eliah Maia do Rego, 5 | Cohabinal | Parnamirim, RN | 59140-780
(84) 99974.0301 | contato@editoraimagodei.com

© 2014 | Editora Imago Dei   |   by ConexãoDigital.com